" Blog da Horta Biológica: Doce de Amora Silvestre - Receita de Compota Caseira Super Deliciosa

Doce de Amora Silvestre - Receita de Compota Caseira Super Deliciosa

Já foi no verão que fizémos este doce de amora silvestre e hoje partilhamos convosco a nossa receita.

Fazer doces ou compotas de frutos silvestres é uma actividade gira para se fazer em família. Nós apanhámos as amoras silvestres das silvas que teimam em crescer na nossa horta, mas quem não tem horta pode dar um passeio pelo campo ou pelo bosque, apanhar os frutos e depois fazer vários tipos de doces.

Vamos ver como fazer esta receita. No final do post vejam também o nosso vídeo explicativo onde mostramos, não só o passo a passo da receita, como também um pouco do desenvolvimento da planta, desde a flor e polinização até à colheita dos frutos.



Ingredientes

  • 2Kg Amoras silvestres
  • 1,3Kg Açúcar amarelo
  • 3 Paus de canela
  • Sumo de 2 limões pequenos


Utensílios

  • 1 Panela grande e funda
  • 1 Varinha mágica
  • 1 Espremedor de citrinos
  • 1 Colher de pau grande
  • 1 Pinça de cozinha ou 2 colheres grandes
  • Vários frascos de vidro previamente esterilizados
  • Utensílios para verter a compota para os frascos. Dependendo do tamanho dos frascos, podem ser colheres, funis ou outros que tenham na cozinha e possam fazer jeito para esta tarefa.


Como Fazer

  1. Começar por lavar as amoras;
  2. Colocar as amoras numa panela funda;
  3. Adicionar 3 paus de canela, o açúcar e o sumo de limão;
  4. Com uma colher de pau grande, misturar tudo;
  5. Ligar o lume no máximo;
  6. Quando começar a ferver baixar o lume para o mínimo;
  7. Ao fim de 10 minutos, retirar os paus de canela utilizando uma pinça de cozinha ou duas colheres grandes;
  8. Deixar em lume brando durante 40 minutos e mexer ocasionalmente;
  9. Ao fim de 40 minutos desligar o lume e transferir o doce imediatamente para os frascos para poderem ser fechados em vácuo.


Dicas Importantes

Antes de desligar o lume deve-se verificar se o doce está em "ponto de estrada", ou seja, se já está espesso o suficiente. Se ainda estiver muito líquido, deve-se deixar no lume mais um pouco. Se, ao passar a colher, ficam duas linhas no doce, está no ponto. Cuidado para não ficar espesso de mais!

Para fechar os frascos em vácuo, deve-se transferir o doce todo imediatamente enquanto ainda está bem quente, fechar bem os frascos e guardá-los de cabeça para baixo para que todo o ar saia do frasco. Quando faz vácuo, ouve-se a tampa a fazer um estalido. Também é possível saber se fez vácuo se a tapa estiver sugada para baixo. Os frascos que não fizerem vácuo devem ser guardados no frigorífico e serem os primeiros a consumir. Os que fizerem vácuo podem ser guardados num local fresco e seco e podem durar por vários anos.


Esta receita é feita com amoras, mas o mesmo método pode ser seguido para outros frutos silvestres. Esperamos que gostem! 

Aqui fica o nosso vídeo com o passo a passo e algumas belas imagens do desenvolvimento das amoras antes da colheita.


VIDEO - Doce de Amora Silvestre - Receita de Compota Caseira Super Deliciosa














2 comentários: